Ir para o conteúdo

Como estamos acostumados a adquirir os remédios que precisamos apenas indo até a farmácia e encontrando-os prontos para a compra, é normal surgirem dúvidas sobre farmácia de manipulação. Os medicamentos manipulados têm o mesmo efeito que os industrializados? São seguros? Responderemos essas e outras dúvidas a seguir. Confira.

Medicamentos manipulados: 10 dúvidas frequentes

É possível que você tenha dúvidas mais específicas, com relação a determinados medicamentos, por exemplo, mas, no geral, as dúvidas são comuns e, por isso, conseguimos elencar as principais delas a seguir.

blister, comprimidos, deitado

1. O que são medicamentos manipulados?

Também conhecidos como medicamentos magistrais, os manipulados são aqueles medicamentos produzidos por um farmacêutico em uma farmácia de manipulação utilizando as chamadas fórmulas magistrais, com base em prescrições médicas, ou os preparados descritos em formulários nacionais ou internacionais e que sejam autorizados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

2. Quais os tipos de medicamentos que as farmácias de manipulação produzem?

As farmácias de manipulação podem produzir medicamentos sob medida para as mais diversas especialidades médicas, como dermatologia, medicina geral, estética, odontologia, veterinária, psiquiatria, oftalmologia, etc.

3. Os manipulados agem mais rapidamente?

Essa realmente é uma dúvida bastante comum. Mas a reposta é simples. Como os manipulados são feitos para atender uma necessidade específica, sob medida, diferentemente dos industrializados que já estão prontos, a ação deles corre menos riscos de produzir efeitos colaterais indesejados e eles podem agir mais assertivamente.

4. Os manipulados são mais naturais?

Não. Isso é um mito. As matérias-primas utilizadas nas farmácias de manipulação para a produção dos manipulados são as mesmas dos grandes laboratórios que produzem os remédios que encontramos nas drogarias. O que muda é que os manipulados são produzidos de acordo com as necessidades do organismo de cada cliente, de forma mais específica, e não de forma ampla como aqueles que encontramos prontos nas farmácias tradicionais.

5. Manipulados precisam de receita?

Sim. Os manipulados são produzidos com base em uma prescrição médica. E não poderia ser diferente, já que eles são preparados exclusivamente para determinados clientes e suas necessidades.

6. Qualquer medicamento pode ser manipulado?

Sim, praticamente todo e qualquer tipo de remédio pode ser manipulado, visto que as farmácias de manipulação possuem tecnologia e matérias-primas que permitem a produção de medicamentos para uma grande variedade de especialidades médicas.

7. Manipulados têm o mesmo efeito dos industrializados?

Sim, eles oferecem os mesmos resultados que os medicamentos industrializados, podendo agir de forma ainda mais potencializada, visto que são produzidos sob medida.

8. São seguros?

Sim. Os manipulados são confiáveis e seguros, mas é preciso saber escolher uma boa farmácia de manipulação, assim como acontece com a compra de qualquer outro tipo de produto ou serviço.

9. São mais baratos?

É possível que eles sejam mais baratos, pois não há sobras, ou seja, o paciente paga somente pelo que vai utilizar, além do fato de medicamentos industrializados terem seu preço também de acordo com a marca. Nos manipulados isso não acontece, pois não há questões de marketing envolvidas, já que os rótulos são personalizados de acordo com os dados de cada paciente.

10. Como escolher sua farmácia de manipulação

Para ter uma boa experiência com uma farmácia de manipulação é preciso levar em consideração questões como: CRF do farmacêutico; regularização da farmácia; avaliações on-line sobre elas; preço e prazo de entrega.

Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato conosco!

 

Deixe seu Comentário





Role para cima